quarta-feira, 13 de abril de 2011

Viena

Sim gente, cheguei até aqui e não foi por acaso! Muita dedicação, tempo de planejamento e Deus no comando de tudo! Chego então à Áustria e logo na chegada me deparo com mais um desafio, encontrar o hostel que desta vez não ficou tão perto da estação de trem. E lá vou eu! Como que por instinto, achei de primeira o dito cujo e até me senti aliviado, pois os nomes das estações aqui são aqueles que não cabem no letreiro do Display!

Wombats é o nome dele, muito bom por sinal, mistura um pouco de hotel e bar, mas nada que atrapalhe sua noite de sono. Característica da cidade é fazer o mix do moderno com o antigo.



Check-in realizado, hora de aproveitar o restante do dia para caminhar pela cidade. Fui até o centro e de lá comecei a caminhar, provei o tão famoso sorvete daqui e sim! Muito bom! Ao andar pelas ruas de Viena, confesso que já estou completamente entediado de conhecer novos lugares e tenho que tirar forças que vão muito além de um RedBull para encarar mais essa! Mas tenho me esforçado!!! E os resultados são sempre além das expectativas!

Voltando ao centro da cidade, estava caminhando e vi algo que realmente me surpreendeu, um lugar com praticamente o meu apelido! Um restaurante Japonês: Akakiko!



Continuando a caminhada, comecei a perceber uma movimentação muito intensa perto da catedral, onde a polícia se aglomerava, helicóptero, ambulância ... até pensei que algo de muito ruim tivesse acontecido. Metro fechado! Me aproximei então de um aglomerado de gente que estavam comentando a respeito do acontecido quando descobri que tratava-se de mais um suicídio. Como já eram 5 da tarde, lembrei do que me disseram em Londres, que geralmente os atrasos de trens se devem ao fato de diariamente pessoas se lançarem nos trilhos para dar fim a suas vidas. Eficaz, porém causa um transtorno danado pra todos que usam este meio de transporte!



Vamos aos passeios, passei por inúmeros prédios e construções que datam do século XIIX e por isso, muitos deles passam por reformas. Iguais a que o Palácio Avenida passou. Preservaram a fachada e fizeram outro por trás.

Quando já havia caminhado bastante, me deparei com a Ópera sendo transmitida ao vivo e o povo assistindo como se fosse um jogo do brasileirão! Voltei tudo o que tinha caminhado, para então pegar o metro novamente para o Hostel.

No outro dia, fiz um giro cultural, pois estava meio nublado. Saí do hostel e fui caminhando também. Bem na frente existe algo como o um mercado municipal de rua. Atração turística aqui! E realmente é cheio de cores, sabores e aromas, característicos da região destacam-se os embutidos suínos e queijos.



Caminho mais um pouco e me deparo com que? Com a Ópera! Devido à minha falta de orientação, andei meia hora a pé e mais 10 de metro por não saber que meu Hostel estava a 5 minutos de caminhada dalí!

Chego ao Museu e meu receio quanto aos museus de Berlin se concretiza. Legendas das obras somente em alemão!!! Pelo menos o acervo conta com artefatos de renome como de artistas como Rembradt, entre muitos outros... Andando pelos corredores e salas, muitas crianças de diferentes partes da Europa conhecendo o museu e suas relíquias. Saltou-me aos olhos quando vi a riqueza de detalhes das obras e como eram quase fotos os retratos que eram feitos. Como estava sem pressa pude contemplar com bastante calma cada obra. Fiquei inclusive emocionado ao ver a obra que retratava João exilado em Patmos ao escrever o Apocalipse.



Depois na seção egípcia, deleite-me mais uma vez com os artefatos que fizeram história nas bandas do Egito. Peças de extremo capricho e riqueza de detalhes.



Para finalizar, visitei um castelo que fica aqui nos arredores de Viena e foi bem interessante! Grandes jardins e muita beleza.



Agora me preparo para a próxima cidade, Zurich!

5 comentários:

Dri disse...

Conversei com sua irmã hoje e ela me disse que vc já tá meio cansadão. Isso ficou nítido no seu post de hoje! E olha que todo mundo fala que a Austria é um paraíso na terra! Mas tb já deu prás perninhas né Kako. Agora falta pouco. Mas ainda tem a Itália e lá tb tudo é imperdível. Tenho certeza que vc vai arranjar forças prá esta reta final. Estamos com saudades e quando chegar, podemos marcar uma saída, tipicamente brasileira, prá matar todas as saudades, inclusive as gastronômicas. Beijo querido

Jpc disse...

Show de bola! Acompanhando.

Klenisson disse...

Cansado de conhecer novos lugares?? Mas tbm...ta sendo uma maratona e tanto, ne?
Interessantes as obras do museu...mas a caveira na pintura de Joao em Patmos é forçar a barra ou a ilha era usada pra largar pessoas la ate morrerem??
Anyway...mto bom conhecer esses lugares atraves do seu relato
Abraço

Vinicius disse...

Da pra notar mesmo que tu ta cansado.. só pelo número de posts que diminuiu ja dá pra notar...
Mas sempre em frente que atras vem gente! Ta acabando, e qndo chegar em Roma come uma pizza pra ver se a pizza italiana é boa mesmo rsrs

Anônimo disse...

Pode crê minha gente!!! Tb estou com muitas saudades de todos !! Mas, quando eu me der por si, já estarei novamente na velha e boa rotina! Tamo quase!!!

Related Posts with Thumbnails