sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Bariloche

Situando:


Continuando a série de boas surpresas que ando tendo, ao chegar em Bariloche, me deparei com uma cidade muito simpática e aconchegante! Realmente um lugar especial que tem o turismo como a sua principal vocação e independente da época do ano, sabe explorar e muito bem esse potencial.


Kakiko pelas belas ruas de Bariloche.

Bariloche por si só, me parece com Gramado, Canela, enfim, a linda região das serras gaúchas, mas o clima da cidade, mesmo agora no verão é bem gelado. Bate um vento constante, vindo da cordilheira que de noite até faz você desequilibrar!


Kakiko e ao fundo o Lago Nahuel Huapi.

Quanto as belezas que este lugar dispõe, tem várias opções de treking e esportes de aventura também, mas o que se destaca nesta região é justamente as escaladas técnicas.

No meu primeiro dia aqui, reservei-o para correr atrás das passagens para sair daqui mas só teria passagens para El Calafate para sexta feira. Então , tive que ficar em Bariloche por 3 dias.

Ao comprar a passagem, mais uma demostração que o mundo é realmente pequeno. Encontrei-me novamente com duas inglesas, a Rachel e a Natacha, que conheci em Santiago. E elas estavam comprando também passagens pra El Calafate.

Comprei o trecho que se vai pela Rodovia 40, muito famosa na patagônia, é uma versão latina da Route 66 nos EUA ... ela atrai turistas mas não dispõe de muito conforto pois não é asfaltada em boa parte do seu trecho. Como o esquema é ter histórias pra contar, vou pelo caminho mais dramático! 36h ... Bariloche - El Calafate.

No segundo dia que estive em Bariloche, fiz alguns passeios, entre eles, Cerro Otto... Este Cerro eu pensava ser um simples morro, no qual, se vc quisesse visitar, você trilharia e alcançaria o cume .... pequei o colectivo, pedi para descer me Cerro Otto e me deparo com um grandioso teleférico! Bah .... 3 km de distancia!


Kakiko, no cume do Cerro Otto.

Ainda bem que aceitava cartão, lá se foram 50 pesos ... mas tenho certeza que muito bem empregados! Lá no cume, tem um restaurante giratório, bem legal e com um visual espetacular dos lagos e das montanhas que circundam Bariloche. Mais uma vez um visual único! Um visual que faz você querer voltar a Bariloche pra ver como deve ser estes locais quando lotados de neve, naquele branco sem fim....


Kakiko e outra vista do Cerro Otto.

Ao tirar algumas fotos, Ellen, germânica, juntamente com seu amigo Jim, norte americano da Califórina, me convidaram para seguir para as trilhas que tinham lá do alto no morro, que davam outros pontos de vista .. Pessoas maravilhosas, fui comprar mais água (lembrei do Vulcão) e partimos... Andamos por cerca de 3 horas ... fomos a diferentes pedras, andamos pela mata, muita poeira ... porem as vistas eram magníficas! O dia estava com uma ótima visibilidade e todas as fotos ficaram muito boas!




Hiking no Cerro Otto.


Restaurante giratório no Cerro Otto.


Pela noite combinamos a janta e Ellen ( que é Cheff de Cozinha) se encarregou de preparar mais um macarrão .... (prato de mochileiro!) Quando esperava o rango, conheci J (Jay) um outro norte americano que veio pra cá pois é algo parecido com Personal Trainner de Escalada ... veio pra cá com tudo pago pelo seu cliente ... Very luky guy!
Mais uma vez, a comunicação acontecendo sem problemas... meu inglês ta quebrando o galho forte! Mas claro que tem uma vida de aprendizado pela frente ...

Depois que J foi dormir, apareceram outros dois caras... e me começaram a fazer perguntas sobre o Brasil, ficaram impressionados com as coisas que eu disse ... pois tinham (como muitos estrangeiros) uma visão distorcida do que realmente o Brasil é. No fim da conversa, abrimos o Lonely Planet e começamos a conversar em Português.... e realmente tenho que concordar com os Gringos ... a parada é difícil!!

Por falar em Brasil, tenho que registrar aqui que todos os Brasileiros que tenho encotrado por essas bandas que tenho andado, na sua grande maioria (ou para o meu Azar) menos as meninas brasileiras que encontrei no Cerro Otto... são boçais ... grandes idiotas ...

Por exemplo no hostel que eu fiquei aqui, em uma noite, chegou um casal vindo de Minas, todos nós sabemos do Jeito Mineiro ... mas akele não fazia juz a tradição ... falava de mais! E pior, não deixava os outros falar também ... Verdade que o ingles do cara era super fluente, porem, culturalmente vazio... ( quem me disse isso foi Bred, um gringo que estava tendo umas lições de espanhol comigo! Hahaha!!! Ele disse que meu inglês é bem compreensível e com muito mais conteúdo cultural ... fiquei lisonge!)

Hoje, sexta, estou nesse momento em uma loja de Chocolates, tomando um chocolate quente enquanto escrevo esse post, e também saboreando alguns pedaços de chocolates diversos ... Meu check-out já está feito estou aguardando as roupas ficarem prontas, pois mandei lavar ... e tenho que esperar até de noite pra pegar estrada novamente!


Kakiko editando o blog, tomando um chocolate com medialuna.

Neste meio tempo, encontrei outros brasileiros gente boa! Antes tarde do que mais tarde, 2 casais que estao mochilando ... grandes histórias compartilhadas em pouco tempo de conversa! Inclusive um casal estará acompanhando no trajeto para El Calafate.

Acho muito legal que, diferente do sentimento de não conhecer nada da cidade quando você chega, você vai pegando as referências, começa a saber pra que lado ficam as coisas ... você já não se sente tão perdido ... então, essa é a hora de ir embora! Quando o desconhecido torna-se conhecido

4 comentários:

Jean disse...

Kakiko,
Vai se preparando, 2010 é nóis no Aconcágua.
Belas fotos,os seus comentário são muito bons, é como se estivessemos viajando juntos.
Um grande abraço e fique com Deus.

Jean

Dri disse...

Tô bem orgulhosa de vc ... cada foto show hein! Olha lá o meu imã ...rs rs rs! Muitos beijos prá vc, estou com saudades. Ai que vontade de comer uns chocolates daí ... hehehehe

Diego disse...

Fala meu amigo!
Show de bola a sua viagem, conhecendo muitas pessoas, praticando o seu Ingles, etc.

Aproveita!!

Abraços
Diego Linke

Marcelo disse...

E ai Rapaz!!!

Fiquei com medo ao ler os Brasileiros boçais. achei que fosse um deles.. mas ao ler dois Casais legais e grandes historias. heheh.. bom sou um deles.. .
apenas agora ao arrumar a mochila para mais uma viagem que encontrei o seu endereço, pensei que tinha perdido .. bacanas as fotos!!
Bom nossa viagem foi bem longa, conseguimos is até Ushuaia e Uruguai... (Marcelo(RS) e Deise(SP)).
tens o e-mail do casal de Curitiba?

Grande abraço !!
e quando vai ser a proxima viagem?

Related Posts with Thumbnails